VI- Os amantes

12 de mai de 2009
















A escolha é sempre uma luta entre ele e ele mesmo. É tão fácil criar antagonismos: bem e mal, homem e mulher, inocência e maturidade, amor e ódio, vida e morte. Se há paixão, a escolha é mais rápida. A iniciação sempre causa medo, mas, no caminho, é sempre necessário começar. Perder a castidade, a inocência, as ilusões, a vida e até mesmo o amor.

O ARCANO MAIOR (OU OS TRUNFOS)

0 comentário(s):