Se...

4 de mai de 2011



Se o espinho lhe machuca os dedos,
acaricie as pétalas da rosa.
Se o sol se pôr por completo,
desvende o segredo de cada sombra.

Se o futuro lhe parecer incerto,
acerte as contas com o presente.
Se sentires saudades demais,
feche seus olhos e pense.

Se algo lhe parecer ilusão,
aproveite as vantagens do absurdo.
Se não tens nem sequer um amor,
ama a todos no mundo.

Se não acreditas na dor,
feche as portas dos sonhos.
Se o gosto já não tem sabor,
Sinta o aroma com os olhos.

Se já não tens juventude,
sorria sempre com melancolia.
Se não és velho ainda,
corra em busca da sabedoria.

Se não lhe agrada o que é feio,
Não busque entender o que é belo.
Se não és capaz de chorar,
derrame lágrimas nos gestos.

0 comentário(s):