Pétala

3 de jun de 2009












No auge do meu choro
flagelo-me
desfolhando flores

mal me quer
mal me quer...

3 comentário(s):

james p. disse...

Primoroso poema.Notável.Parabéns.wesley.Grande abraço.

Ariane Rodrigues disse...

Simples e lindo.

Anônimo disse...

seco e profundo...