Receita de vingança

26 de mai de 2008
















Concentre toda a sua amargura
Em uma nuvem negra de tristeza.
Derrame todas as suas mágoas
Em forma de chuva criativa.
E devolva a todos que o maltrataram
A dor, em forma de beleza.

1 comentário(s):

Lily de Freitas disse...

Sua poesia é tão linda quanto a sua pessoa. Aprecio tanto tudo o que vc escreve... E os contos do Guilherme aí... Meu Deus... como gosto de vcs e como gosto de saber que gosto de pessoas tão especiais, talentosas.